19 de jul de 2010

Caravana da oposição visita Feijó e critica governo Binho

Num encontro-comício que lotou ao salão nobre da Câmara Municipal da cidade, a Coligação Liberdade,Produzir para Empregar levou ,na noite desta sexta-feira, sua mensagem de mudança e renovação política à população de Feijó. Além dos candidatos oficiais, a reunião contou com a presença do prefeito Dindin (PSDB), um dos principais líderes da oposição em todo o Estado.

Num discurso inflamado, o prefeito acusou o Governo do Estado de discriminar e perseguir as prefeituras de oposição. “A vitória da oposição nas últimas eleições em Feijó inaugurou a resistência ao autoritarismo e a tirania de Governo”, disse o prefeito.

Por seu lado, Sérgio Petecão (PMN), candidato ao Senado, lembrou que o povo de Feijó deu mostras que o eleitorado é soberano, faz sua história e pode mudar seus governantes na hora que bem decidir, “bastando para isto votar consciente”. Segundo ele, a vitória de Dindim para a prefeitura de Feijó contra todo o aparato de Governo é uma mostra de coragem e de muita consciência política de toda a população local, “e que deve ser repetida agora em nível estadual”.

Já João Correia (PMDB), candidato a segunda vaga do Senado, disse que é necessário um esforço conjunto para o combate a “todo tipo de perseguição contra aqueles que não aceitam se submeter a um grupo que tenta se manter no Governo a qualquer custo”.

Na reunião foi lançada a candidatura a deputado estadual pelo PMDB de Pelé Filho, vice de Dindim. O candidato lembrou que, desta vez, as oposições conseguiram se unir e vão mostrar em praça pública que vieram para reconquistar seu lugar na política acreana, “pondo fim a 12 anos de imposição e arrogância de grupos privilegiados que insistem em se revezar no poder”. E acrescentou que apesar de oposição e discriminada pelo Governo , “a prefeitura de Feijó vem mantendo suas contas em dia e é exemplo de administração em todo o Estado”.