11 de out de 2010

A MENTIRA COMO MEIO DE VIDA

O ex-governador e senador eleito Jorge Viana (PT) continua a falar pelos cotovelos. Em entrevista ontem (quinta-feira, 7) ao apresentador Jorge Said, da TV Rio Branco,o nosso pequeno príncipe demonstrou que continua fiel ao manual leninista de como se deve tratar os adversários políticos: "Acuse-os do que você faz, xingue-os do que você é", ensinava o guru bolchevique.

Maior animador da campanha da companheira Dilma Rousseff no Acre, Viana instava os adversários a descerem do palanque, já que um deles (Marcio Bittar) fora à TV dizer que é candidato a prefeito de Rio Branco. A hora, repisou nosso Napoleão de jardim, é de "trabalhar pelo Acre". Não entendo como alguém que em duas décadas de vida pública não fez outra coisa além de se esfalfar pelos acreanos tenha consiguido amealhar a fortuna declarada de 2,3 milhões de reais.

A entrevista teve muitas outras bravatas e tentativas de logro. O pior deles foi quando o palanqueiro petista disse que os eleitores terão a oportunidade de escolher entre um porta-voz das elites e uma representante do povo. E que o Estado de São Paulo, o mais rico da Federação, vive às expensas de primos pobres como o Acre.

Não reputo desinformado o Sr. Jorge Viana. Resta-me a opção de tachá-lo de embusteiro. 


Blog do Arquibaldo Antunes